Página Principal  / Notícias  / BRT campineiro: obras de implantação dos três corredores geram 578 empregos com carteira assinada

Notícias

ver todas
BRT campineiro: obras de implantação dos três corredores geram 578 empregos com carteira assinada

Principal obra na área de Mobilidade Urbana que Campinas recebe, desde a década de 1970, a implantação dos Corredores BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus de Trânsito Rápido) está impulsionando a geração de emprego e renda no município. Desde que os primeiros trechos foram iniciados, em 2017, foram gerados 578 empregos, no total, com Carteira de Trabalho assinada.

Desse total, em torno de 64% dos trabalhadores residem em Campinas. São 371 moradores do município atuando nas obras, oriundos de 29 bairros diferentes. São eles: Botafogo, Campina Grande, Campo Belo, Campo Grande, CDHU Edivaldo Orsi, Centro, Chácara São Judas Tadeu, Chácara Vista Alegre, Chácaras Morumbi, DIC V (Chico Mendes), Eldorado dos Carajás, Jardim Campos Elíseos, Jardim Esplanada, Jardim Florence, Jardim Miriam, Jardim Nova América, Jardim Rosalina, Jardim Santo Antônio, Jardim Uruguai, Núcleo Residencial Nossa Senhora Aparecida, Ouro Verde, Parque Fazendinha, Paulicéia, Satélite Iris, Vida Nova, Vila Industrial, Vila União, Village Campinas e Viracopos. 

“A implantação dos Corredores BRT está gerando empregos em pleno período de crise, recolocando profissionais no mercado de trabalho e colaborando para reaquecer a economia no município. O número de 578 empregos gerados é ainda mais expressivo quando levamos em conta que cada trabalhador gera renda para o sustento de três ou quatro pessoas de uma mesma família”, destaca o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro. “Em muitos casos, a mão de obra é formada pelos próprios moradores das regiões impactadas pelas obras. São pessoas que estão construindo, com as próprias mãos, um sistema de transporte mais eficiente, que irá beneficiar seus familiares, amigos e vizinhos”, completa. 

Também atuam nas obras 207 profissionais residentes em outros 16 municípios: Andradina, Belo Horizonte, Cubatão, Guarulhos, Hortolândia, Indaiatuba, Itapeva, Itapevi, Jundiaí, Leme, Paulínia, Ribeirão Preto, Santos, São Bernardo do Campo, São Paulo e Sumaré.

A partir do segundo semestre de 2018, com a expansão dos trechos em obras, o número de empregos gerados saltou de 67 postos, na fase de projetos, para 528 trabalhadores, na etapa atual de intervenções no viário. Profissionais de três áreas macro contribuem para que os Corredores BRT se tornem realidade no município: Administração, Engenharia e Produção. São projetistas, desenhistas, técnicos de segurança, engenheiros de campo, mestres e encarregados de obras, carpinteiros, serventes, mecânicos, pedreiros; além de profissionais de recursos humanos, financeiro, almoxarifado, qualidade; etc. 

Pelo Consórcio Corredor BRT Campinas, formado pelas empresas Arvek, D. P. Barros, Trail, Enpavi e Pentágono, que administram o Lote 1 do BRT campineiro, foram 136 postos de trabalho gerados. Os trabalhadores deste lote atuam nas obras do Corredor Perimetral e em um trecho do Corredor Campo Grande, que abrange as regiões do Bonfim, Centro, Cidade Jardim, Jardim Miranda, Pompéia, Vila Aurocan e Vila Teixeira.  Mais de 60% são moradores de Campinas. 

Pelo Lote 2, são 235 trabalhadores, contratados pela empresa Construcap – CCPS Engenharia e Comércio. Essa equipe atua em três trechos do Corredor Campo Grande, que passam pelas regiões do Jardim Aurélia, Jardim Florence, Jardim Garcia, Jardim Londres, Rodovia dos Bandeirantes e Satélite Íris. Em torno de 66% residem em Campinas. Já a execução do Lote 3 envolve 45 pessoas, contratadas pela empresa Compec Galasso. Os trabalhadores atuam no eixo da Avenida das Amoreiras e 60% são moradores do município. 

Pelo Lote 4, já foram gerados 162 empregos, por meio do Consórcio BRT Campinas, integrado pelas empresas Artec e Metropolitana. As equipes trabalham junto às obras que ocorrem nas avenidas Ruy Rodriguez e Camucim; e na Rodovia dos Bandeirantes. Mais de 65% desses trabalhadores residem no município. 

Mãos que fazem história 
Dois pontos em comum unem três trabalhadores selecionados para relatar suas experiências. Além de estarem contribuindo para tornar realidade um marco no transporte público de Campinas, eles tiveram a oportunidade de retornar ao mercado de trabalho a partir das obras dos Corredores BRT, depois de um período desempregados. 
 
Paulo Roberto Nascimento, 59 anos, conta que ficou fora do mercado de trabalho por dois anos e meio e conseguiu se recolocar há quatro meses, pela empresa Construcap, nas obras do Corredor Campo Grande, junto à Avenida John Boyd Dunlop, na região do Satélite Iris. Ele atua como motorista dos veículos pesados que servem à obra. 
 
“Moro há 30 anos no Satélite Iris II e é gratificante saber que estou contribuindo para uma obra que vai facilitar muito a vida de quem utiliza o transporte público no meu próprio bairro. Acredito que muita gente vai deixar o carro em casa e aderir ao sistema BRT por conta da rapidez”, projeta Paulo. 
 
 
O encarregado de terraplenagem, Pablo Deoclecio Ferreira Lobo, também atua no trecho de obras do Corredor Campo Grande, na região do Satélite Iris, sendo responsável pela equipe de preparação dos pavimentos asfáltico e de concreto. Morador de Campinas há 21 anos, no bairro Residencial Cosmos, ele fala com orgulho do projeto no qual trabalha há nove meses. 
 
“É uma obra que está fazendo história em Campinas, acredito que as pessoas envolvidas serão reconhecidas. Me sinto satisfeito por contribuir para trazer benefícios futuros aos moradores da minha região. Eu mesmo vou preferir usar os ônibus do BRT do que o meu próprio carro, por causa da rapidez e conforto”, conta o encarregado. 
 
Pablo aproveita para pedir paciência para a população impactada pelas obras. “Para a população, estamos invadindo o seu espaço. Uma obra tão grande causa certo transtorno sim, mas, na verdade, são melhorias chegando para que a região se desenvolva mais rapidamente”, destacou Pablo. 
 
Depois de passar dois anos sem emprego formal, Antonio da Rocha Santos, 40 anos, atua há seis meses como encarregado de obras no Corredor BRT Ouro Verde, junto à Avenida Ruy Rodriguez, na região do Parque Universitário de Viracopos. Ele comanda uma equipe de 14 trabalhadores que executam o pavimento de concreto do corredor nessa região, pela empresa Artec. “Essa obra caiu do céu na minha vida, pois antes estava apenas fazendo bicos”, conta. 
 
Morador de Sumaré, Antonio destaca os benefícios da obra para a população. “O tempo de deslocamento do bairro até o Centro vai ser bastante reduzido. Daqui há 10 anos, vou passar pelo corredor e pensar que isso aqui tem a minha mão, que ajudei a construir algo de grande importância para a população, principalmente para quem utiliza o transporte público. Tenho família em Campinas e me sinto orgulhoso por estar ajudando a melhorar a vida deles também”, destaca. 
 
Novas vagas 
O número de empregos gerados pelas obras do Corredor BRT tende a aumentar ainda mais, ao longo de 2019 até meados de 2020, com o avançar dos trabalhos nos trechos. As empresas executoras projetam que cerca de 300 novos empregos devem ser gerados até a conclusão dos trabalhos. 
 
Os interessados em atuar nesse importante projeto devem acompanhar as vagas divulgadas pelo CPAT/SINE (Centro Público de Apoio ao Trabalhador / Sistema Nacional de Emprego). O cadastro de currículo pode ser feito pelo site ou pessoalmente, de segunda a sexta-feira, nas unidades Campo Grande (Rua Manoel Machado Pereira, 902, das 8h às 16h); Centro (Avenida Campos Sales, 427, das 7h30 às 17h30); e Ouro Verde (Avenida Ruy Rodrigues, 3.900 – 1º andar do Shopping Spazio, das 8h às 16h). É necessário apresentar RG, CPF, Carteira de Trabalho e número do PIS.
 
Também é possível realizar cadastro no site Emprega Campinas ou entregar currículo diretamente na portaria dos canteiros de obras. A criação de novas vagas ocorre de acordo com a demanda das obras. 
 
Projeto 
Juntos, os três corredores BRT do município (Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral) alcançam 36,6 km, com previsão de conclusão total em meados de 2020. A Emdec trabalha com a possibilidade de que o estágio mais pesado da obra, que exige maior interferência nas vias, esteja totalmente concluído até dezembro de 2019. 
 
Cerca de 40% do volume de usuários do transporte público vai ser atendida pelo BRT, trazendo grande alívio para o sistema municipal. Os ganhos impactam não somente os usuários do transporte público, que serão beneficiados com mais rapidez, agilidade, conforto e segurança nos deslocamentos; como também os motoristas que circulam pelas vias, que também terão um trânsito mais seguro e com maior fluidez viária, uma vez que a circulação dos ônibus estará segregada dos demais veículos.
Autor: Ângela Silva Última alteração em 07 de Março de 2019 às 16:32

Fotos




Veja mais

 Trecho da Avenida das Amoreiras terá bloqueio viário de 20 até 24 de maio

 Trecho do Corredor de Ônibus Amoreiras fechado neste sábado, 18 de maio

 Dez pontos da cidade recebem instalação de carros batidos

 Trecho da Rua Dr. Salles Oliveira com bloqueio viário no domingo, 19 de maio

 Maio Amarelo leva educação de trânsito ao “Dia da Prevenção”

 Blitz amarela da Emdec distribui rosas e orientações de segurança no trânsito

 Ciclofaixa de lazer Taquaral / Norte-Sul é opção de diversão no domingo, 19 de maio

 Emdec monitora trânsito e transporte no Taquaral durante corrida noturna

 Emdec fará operação especial de trânsito para Festival Brasil Sabor

 Rua Lauro Vannucci com bloqueio viário nesta quarta-feira, 15 de maio

 Viaduto “Laurão” recebe simulado de acidente de trânsito

 Nova etapa das obras do BRT provoca bloqueios na Avenida John Boyd Dunlop

 Rede Temática facilita acesso a hospitais

 Comunicado: alertas de notificações de autuações e penalidades

 Emdec disponibiliza ferramenta para consulta de infrações de trânsito

 Rua Antônio Maurício Ladeira com bloqueio viário ininterrupto de 13 até 17/05

 Ciclofaixa Taquaral / Norte-Sul é opção de lazer em família no domingo, 12/05, Dia das Mães

 Fórum discute Trânsito como problema de Saúde Pública

 Emdec participa de encontro de líderes da ANP Trilhos

 Maio Amarelo prossegue com fórum, ações no esporte e blitz educativa

 Em 2018, Campinas registra menor número de vítimas fatais desde 2003

 Avanço das obras do BRT provoca alterações de trânsito na Avenida John Boyd Dunlop

 Ciclofaixa de lazer Taquaral / Norte-Sul é opção de diversão no domingo, 5 de maio

 Emdec realiza operação de trânsito para corrida de rua no Centro

 Maio Amarelo incentiva redução da velocidade e atitudes seguras no trânsito

 Trecho da Rua Dr. Sílvio de Moraes Sales terá bloqueio viário na quinta-feira, dia 2 de maio

 Trecho da Avenida João Erbolato terá bloqueio viário na quarta e quinta-feira, 1º a 2 de maio

 Trecho da Avenida das Amoreiras será interditado neste feriado de 1º de Maio

 Ciclofaixa Taquaral / Norte-Sul é opção de lazer no Dia do Trabalhador

 Emdec mantém serviços essenciais durante o Dia do Trabalhador

 Avanço das obras do BRT provoca bloqueio de transposição na Avenida das Amoreiras

 Emdec programa ações para atenuar impactos das obras da D. Pedro no trânsito urbano

 Trecho da Avenida das Amoreiras será interditado no domingo, 28 de abril

 Ciclofaixa de lazer Taquaral / Norte-Sul é opção de diversão no domingo, 28 de abril

 Emdec fará operação especial para Corrida Mais Vida Boldrini no domingo, 28 de abril

 Duas vias na região da Vila Madalena com bloqueio viário na segunda, 22 de abril

 Trecho da Avenida das Amoreiras será interditado nesta quinta-feira, 18 de abril

 Emdec fará operação especial de trânsito para o Circuito Tiradentes de Ciclismo

 Ciclofaixa Taquaral / Norte-Sul é opção de lazer no Domingo de Páscoa

 Trecho da Avenida Anchieta terá bloqueio viário na sexta-feira, 19 de abril

 Emdec mantém serviços essenciais durante a Semana Santa

 Emdec fecha transposição na Avenida das Amoreiras por conta das obras do BRT

 Emdec adota medidas para diminuir impactos no trânsito urbano com as obras na D. Pedro

 Distrito de Barão Geraldo ganha Sistema Cicloviário

 Implantação dos Corredores BRT é tema de reunião do Condepacc

 Bloqueios viários no entorno do Galleria para corrida de rua neste domingo, 14 de abril

 Ciclofaixa de lazer Taquaral / Norte-Sul em operação no domingo, 14 de abril

 Trecho da Avenida das Amoreiras terá bloqueio viário no domingo, 14 de abril

 Trecho da Avenida Marechal Carmona com bloqueio viário no domingo, 14 de abril

 Prefeitura entrega Corredor Sudeste, com a Estação Abolição e novos abrigos na Câmara



Página 1 de 154

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
>>

Serviços


EMDEC - Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas S/A - CNPJ 44.602.720/0001-00
Rua Dr. Salles Oliveira, 1.028, Vila Industrial, CEP 13035-270 - Campinas-SP
Fale Conosco Emdec 118


© Copyright. Melhor visualizado em 1024x768. Site homologado para navegadores: IE10, Chrome30, Firefox30 e superiores.
Interagi Tecnologia